terça-feira, 2 de novembro de 2010

los muertos, viva los muertos



esse video/post é uma homenagem a todos aqueles que demonstraram publicamente seus preconceitos, ignorâncias, ressentimentos, entre outras coisas, durante essa campanha eleitoral. que o governo de dilma seja uma "aventura histórica" para o horror de seus piores pesadelos. e aqui vai uma lista incompleta de alguns homenageados, sem ordem alfabética ou de importância. um beijo, um abraço, um aperto de mão para...

merval pereira, reinaldo azevedo, arnaldo jabor, marcelo madureira, maitê proença, soninha francine, ferreira gullar, eliane cantanhêde, joão pereira coutinho, miriam leitão, otávio frias filho, guilherme fiuza, augusto nunes, ruth aquino, dora kramer, ricardo noblat, carlos vereza, jair bolsonaro, william waack, mônica serra, diogo mainardi, marcelo tas, gravataí merengue, diego escosteguy, mônica waldvogel, bolivar lamounier, fernando gabeira, hélio bicudo, josé serra, índio da costa, tasso jereissati, arthur vigílio, sérgio guerra, jorge bornhausen, césar maia, rodrigo maia, itamar franco, álvaro dias, roberto freire, coturno noturno, beto richa, silas malafaia, xico graziano, kátia abreu, felipe neto, danuza leão, políbio braga, gilberto dimenstein (que o @elgroucho lembrou aí nos comentários)... (se lembrarem de mais alguém - que por ações ou declarações entraram no mimimi, e não simplesmente apoiaram o serra, que isso não é pecado - coloquem o nome aí na janela de comentários; e vou colocando mais gente conforme lembrar).

p.s.: em um futuro recente assumo um compromisso de fazer um post vade-retro sobre figuras que poderiam muito bem não estar com a dilma, tipo gabriel chalita, magno malta e josé sarney (mas, como bem disse o senador cristovam buarque, "a magia é maior que o sarney").

3 comentários:

T. C. Soares disse...

e a SOBRESSALTADA regina duarte

dafne sampaio disse...

pensei nela também, mas não consegui lembrar de nenhum comentário da medrosa nessa eleição...

T. C. Soares disse...

pois é,

rola esse dilema. Ela assinou lá o manifesto dos artistas - o que não conta muito, já que, bom, o documento é meio fake e tal.

A citação foi mais aquela HOMENAGEM pelo conjunto da obra, o negócio dela ter sido a VANGUARDA do novo medo classe média leite com pera.

Agora, dois bravos homens bons da pátria que cumpriram com seu dever cívico-bandeirante este ano foram o Dimenstein e o Paulo Renato. E tem os dois Fernandos também, o Rodrigues e o Barrosesilva, que vigorosamente entortaram a realidade na nação em INCISIVAS análises. E aquele malufista do Bom Dia Brasil, e o outro picareta algumacoisa-Machado, que faz jabá de vinhos. Esses também fizeram por merecer.

E acabo de perceber que é melhor que eu pare por aqui. Antes que a festa na reaçolândia fique grande demais...