domingo, 15 de novembro de 2009

"tem que saber o que é que vai pra onde"

direto de berlim pra revista moviola, o cineasta karim ainouz (madame satã, o céu de suely e a minissérie alice, esta co-dirigida por sérgio machado) deu uma excelente entrevista para ariane mondo (e muito bem filmada e editada, aliás). mesmo com tantos anos de frança e estados unidos, o sotaque fortalezense é inconfundível e é assim que fala sobre formação, cinema, improvisação, busca, o recente viajo porque preciso, volto porque te amo (co-dirigido com marcelo gomes), ficção documental, o próximo longa (praia do futuro), novas mídias, etc.

Entrevista com Karim Aïnouz from ::: Ariane Mondo ::: on Vimeo.

p.s.: mais sobre ariane no blog memórias do muro.

3 comentários:

Ariane Mondo disse...

Que bom que gostou da entrevista, Dafne.
Valeu por multiplicar a informação tão generosamente.
Um abraço!

Anônimo disse...

Adorei "o bate papo" em Berlim! ;)

Aguardo ansiosamente a conexão Praia do Futuro-Berim!

Valeu pela dica, Dafnes! :)
Bjao
Tati Alencar

dafne sampaio disse...

ô ariane, valeu pela visita. e tem nada não, o que é bom (no caso, ótimo) tem que ser compartilhado mesmo.
e beijo grande tati.