sexta-feira, 22 de maio de 2009

ele diz que é um santo homem e que mora dentro da baleia por vontade própria

morreu zé rodrix. aos 61 anos. nunca fui muito de rock rural e essas paradas todas, mas sempre prestei atenção nos caras até o momento que fui fisgado, na trilha de durval discos (2002, pra mim um dos melhores filmes brasileiros dos anos 2000), pela versão d'os mulheres negras para "mestre jonas" (a trilha também trazia a versão original de 1973). vai aqui minha sincera homenagem ao zé. um minuto de silêncio e muitos mais de música. com vocês, os mulheres negras...



e agora "mestre jonas" pelo trio sá, rodrix & guarabyra em um programa ensaio de 2002.



e uma filha do homem, barbara rodrix, tá por aí cantando. e um pouco mais sobre o zé rodrix no seu verbete no dicionário cravo albin.

p.s.: depois, via @mauriciopereira, encontrei a cena de abertura de durval discos (que plano sequência fudido!) com a versão d'os mulheres negras pra "mestre jonas". saca só.


3 comentários:

Érico San Juan disse...

Dafne, no meu blog escrevi um depoimento sobre o Zé, a quem tive a felicidade de conhecer em carne e osso e coração.

Comprei a trilha do Durval Discos só por causa da versão do Mestre Jonas pelos Mulheres. De quebra, o CD trazia a versão original da canção.

Perguntei ao Zé, numa lista de discussão musical da qual participávamos, se tinha gostado da versão dos Mulheres. Ele disse: "É a versão deles, a interpretação deles".

Meu depoimento sobre Rodrix está aqui:
www.ericosanjuan.blogspot.com

Um abraço, Dafne.

dafne sampaio disse...

texto ótimo erico... eu o vi algumas vezes, mas nunca tive o prazer de conhecê-lo... o gafieiras chora mais uma perda.

Érico San Juan disse...

obrigado, dafne. eu cheguei a entevistar o zé para um jornal de humor que eu editava há alguns anos. daqui a pouco vou postar a imagem da página com a entrevista. abraço.